Canezin Imóveis

Central de atendimento
(43)3344-1010
Atendimento online das 8h às 18h
Central de atendimento
(43)3344-1010
Atendimento online das 8h às 18h
17 de novembro de 2017

AGRONEGÓCIOS - Agricultura de Precisão otimiza uso de insumos agrícolas e eleva lucratividade


Técnica implantada no Brasil na década de 90 ajuda a minimizar impactos ambientais e é aderida cada vez mais por agricultores

 

Imagine unir um conjunto de ferramentas e tecnologias que possibilitam, além de conhecer a fundo toda a área de cultivo, aumentar a rentabilidade do produtor. Isso é possível por meio da Agricultura de Precisão (AP) e, com certeza, você, produtor, já conhece ou ouviu falar dela.

 

Introduzida no Brasil no início da década de 90, por meio da utilização de máquinas agrícolas com receptores GNSS (Global Navigation Satelite System), computadores de bordo e sistemas que possibilitavam a geração de mapas de produtividade, a AP se baseia na variabilidade espacial e temporal das áreas produtivas e pode otimizar o uso de insumos agrícolas, aumentando a lucratividade, a sustentabilidade e, ainda por cima, ajuda a minimizar os impactos ambientais.

 

É a agricultura da informação agindo em favor do agronegócio. Com base no princípio da variabilidade espacial e utilizando tecnologias como mapas e sensores, por exemplo, pode-se implantar um processo de automação agrícola e dosar adubos e fertilizantes, bem como a irrigação necessária para cada área.

 

Porém, ela não visa apenas a aplicação de insumos ou de mapeamentos diversos, mas todo o processo envolvido na produção. Agricultores que utilizam a AP reduzem a incerteza do negócio, visto que, usada para resolver as desuniformidades das lavouras, o sistema consegue agir em diferentes finalidades e disponibiliza ao produtor grande quantidade de dados da cultura, auxiliando na tomada de decisão.

 

Práticas agrícolas cada vez mais sustentáveis, com a finalidade de melhorar o gerenciamento da cultura são os caminhos que a AP vem percorrendo. Para isso, vem sendo desenvolvido sensores ópticos para adubação, piloto automático e tráfego controlado, plantio na mesma linha, aproveitando a adubação residual e permitindo a semeadura noturna, entre outras tecnologias.

 

PESQUISA – Apesar da Agricultura de Precisão ser de suma importância para o agronegócio e cada vez mais utilizada por produtores rurais, a última pesquisa encontrada sobre o tema foi divulgada em 2014. Ela foi realizada por pesquisadores da Rede de Agricultura de Precisão da Embrapa, em parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) em 301 propriedades rurais das principais regiões agrícolas do Brasil.

 

No estudo, foi levantado que o produtor leva em média quatro anos para aplicar a técnica em sua propriedade e 53% das propriedades empregam a AP. Além disso, os dois principais produtos agrícolas cultivados com as ferramentas são soja e milho (82%) – trigo e feijão ocupam a terceira e quarta posição. Sobre a produtividade, 93,8% dos produtores que fizeram parte do estudo afirmam ganho.

 

Quanto à idade média dos agricultores, aqueles que usam a AP têm em torno de 35 anos, enquanto os que estão com a agricultura tradicional, 39 anos. Em relação à escolaridade, 43,1% têm ensino superior completo e 18,8% já concluíram uma pós-graduação.

 

LIVRO – A publicação “Agricultura de Precisão: resultados de um novo olhar”, lançado pela Embrapa, está disponível para acesso gratuito aos interessados. O livro abrange o histórico da técnica, conceito, ferramentas, orientações, entre outros pontos essenciais, por meio de 60 artigos, de 162 autores.

Envie-nos uma mensagem ou comente abaixo o que você achou do nosso conteúdo.

 

 

Bruna Sampaio é a autora deste artigo. É jornalista e atua como Assessora de Imprensa no Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA)

Fonte: https://www.agromulher.com.br/single-post/2017/11/06/Agricultura-de-Precis%C3%A3o-otimiza-uso-de-insumos-agr%C3%ADcolas-e-eleva-lucratividade

© 2019 - Todos os Direitos Reservados - Simbo CRM & Canezin Imóveis - Imobiliária membro do Portal Imóveis de Londrina Simbo CRM